Teste


Breaking News

Argentina bate Venezuela e enfrenta Brasil na semifinal



A Argentina venceu a Venezuela por 2 a 0 nesta sexta-feira (28), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pelas quartas de final da Copa América. E vai enfrentar o Brasil na próxima etapa do torneio.
O clássico sul-americano está marcado para terça-feira (2), às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte. Vale vaga na decisão da competição.
A última vez que Brasil e Argentina se enfrentaram em um jogo mata-mata foi em 2014, no Superclássico das Américas, realizado na China. A seleção canarinho venceu por 2 a 0. 
Já o último duelo entre os dois países em uma Copa América foi na final de 2007, na Venezuela, com outra vitória dos brasileiros, desta vez por 3 a 0.
O primeiro gol da vitória argentina foi marcado por Lautaro Martínez, aos 11 minutos do primeiro tempo. Lo Celso ampliou aos 28 minutos da etapa final.
A partida marcou o retorno dos argentinos ao Maracanã depois do vice na Copa do Mundo de 2014, quando foram derrotados pela Alemanha na final. 
Na mesma competição, a Argentina havia jogado anteriormente no estádio carioca, em vitória por 2 a 1 contra a Bósnia, ainda pela primeira fase.
Nesta sexta, o Maracanã teve casa cheia para receber a seleção argentina no torneio: 42.495 pagantes e 7.599 não pagantes compareceram ao estádio carioca para prestigiar a equipe de Lionel Messi. A renda foi superior a R$ 9,1 milhões.
A Argentina começou o duelo pressionando. Nos primeiros 10 minutos de partida, ficou o tempo todo no campo de ataque. Aguero tentou duas vezes, mas parou no goleiro Fariñez.
Aos 11 minutos, saiu o primeiro gol. Messi cobrou escanteio pela esquerda, Aguero chutou de primeira e Lautaro Martínez desviou de letra para abrir o placar. 
Foi o sexto gol do atacante em 10 partidas pela seleção argentina. Ele é o artilheiro da era Lionel Scaloni na frente da equipe.
Após o gol e a pressão inicial, a Argentina recuou, e o jogo ficou amarrado no meio de campo durante todo o primeiro tempo. As equipes só ofereceram perigo em cruzamentos na área, mas sem efetividade.
Na etapa final, a Argentina voltou melhor. Logo nos primeiros minutos, Lautaro Martínez recebeu de frente para o goleiro venezuelano, mas chutou para fora e desperdiçou uma grande oportunidade.
Atrás do placar, a Venezuela precisou se abrir para buscar o empate, e o jogo melhorou, com as duas equipes buscando o gol. E a Argentina teve melhor sorte: Lo Celso aproveitou rebote em chute de Aguero e deu números finais ao placar no Maracanã.
A Copa América continua nesta sexta, com Colômbia x Chile, às 20h, no Itaquerão, em São Paulo. Depois, neste sábado (29), Uruguai e Peru se enfrentam na Fonte Nova, em Salvador.
VENEZUELA
Fariñez; Hernández, Chancellor, Mago (Soteldo) e Rosales (Seijas); Moreno, Herrera, Rincón, Murillo e Machís (Josef Martínez); Rondon. T.: Rafael Dudamel
ARGENTINA
Armani; Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Paredes, De Paul e Acuña (Lo Celso); Messi, Aguero (Dybala) e Lautaro Martínez (Di María). T.: Lionel Scaloni
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Wilmar Navarro e John León (ambos da Colômbia)
Cartões amarelos: Soteldo, Rondon e Rincón (Venezuela); Acuña e Lautaro (Argentina)
Gol: Lautaro Martínez, aos 11min do primeiro tempo; Lo Celso, aos 28min do segundo tempo
 

Nenhum comentário