Postagens mais visitadas


MARABÁ PERDIDO NA POLITICA

 Após uma campanha conturbada e recheada de processos a pedido do MPF, o prefeito de Luís Eduardo Magalhães abandonou  o DEM de ACM e juntou-se ao PP de João Leão, Kaká Leão e Antônio Henrique Júnior, agora flerta com o prefeito de Barreiras (Zito Barbosa), DEM, que já declarou em 2018 apoio a Bolsonaro e ao CMTE. Rangel, e já declarou em público, recentemente, que votará em Bolsonaro em 2022. Sem nenhuma chance de cumprir as “promessas” de campanha, o prefeito tira fotos com políticos e espalha narrativas infundadas para evitar o estouro da boiada que já começou com a eleição da presidência da câmara e o rompimento de aliados e ex escudeiros como o seu vice, Felipe Fernandes e família.


Politica passa, mais as palavras ficam, nas eleições o Governador era o seu inimigo numero um, hoje são parceiros, e o que foi dito foi esquecido. PP e PT juntos em uma única sintonia.

No mato sem cachorro, o prefeito entregou a prefeitura aos aliados de Antônio Henrique, ex-prefeito de Barreiras que já foi o prefeito do LEM antes da emancipação em 2000. Assuntos mais importantes são tratados em Barreiras na casa do Tonhão ou diretamente pelo seu Neto (Danilo) que ocupa a sala do Júnior Marabá em todas as reuniões para decidir se concorda ou não com a posição do prefeito.

O maior estelionato eleitoral já vivido no município “Capital da Soja” foi aplicado nos últimos dias, onde a população não aceitou mais a presença do casal que a anos usufruiu dos benefícios dos cargos públicos apenas a seu favor. Pensando em uma verdadeira mudança, o eleitor acreditou numa transformação de uma administração moderna e transparente, decepcionados com os passos atrás que o município deu, principalmente na relação com governo federal, responsável pela transformação, investindo em obras estruturantes para o desenvolvimento da região, o município fica mais uma vez fadado ao autoritarismo dos comunistas da Bahia.

Sem ter onde se encostar, a não ser ao lado dos grandes nomes da politica Regional, o prefeito desesperado após entregar a cidade a família dos Henrique, agora busca os aliados do Comandante Rangel.

Hospital, Lixão, transporte gratuito e outras promessas que foram esquecidos pelo atual gestor ficará no esquecimento, até que venha o pleito de 2024. Asfalto sobre asfalto e sinaleiras novas bem como a sinalização vertical e horizontal também foi um recurso utilizado por Tonhão em Barreiras, essa é a marca de Leão o “Bonitão”, primeiro finge que tudo mudou e fica quatro anos prometendo e fazendo política.

Luis Eduardo precisa atingir a maioridade política e deixar de agressões em tempos de campanha, praticar a política da razão.

A nova politica veio com os antigos Caciques da Bahia, onde se pregava uma politica de Direita contra o PT, agora se tornaram aliados na busca pelo poder total. 

Dirigentes de instituições do agronegócio e do comércio precisam  se posicionar com firmeza e propósito transparente como fazem os agricultores e comerciantes que apontam para uma política de liberdade e de transparência, tem que praticar o que falam em público e parar de enganar os associados apoiando governos comunistas.

Amadurecimento político precisará ser aplicado, como nunca, nas eleições do ano que se aproxima.

Ass. C.M.T.E RANGEL

Nenhum comentário