Teste

Breaking News

Jovens do Programa Primeiro Emprego começam a trabalhar em unidades de saúde



O sonho da carteira assinada se tornou realidade para 40 jovens de Salvador. Eles são técnicos da rede estadual de educação profissional formados nas áreas de enfermagem, administração, informática e logística. O seminário de acolhimento dos jovens foi realizado nesta quarta-feira (28), no auditório da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), em Salvador.

Eles tiveram as carteiras de trabalho assinadas e foram encaminhados para atuação em unidades de saúde do Estado, a exemplo dos hospitais gerais do Estado (HGE) e Roberto Santos (HGRS), além do Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba) e das maternidades Tsylla Balbino e Albert Sabin.

Convocados a partir do ranking de notas obtidas no ensino médio, eles passaram por exames médicos, entregaram a documentação necessária e serão contratados por meio das fundações Estatal Saúde da Família (Fesf) e Luís Eduardo Magalhães (Flem).

Para a técnica em logística Vyctoria Amorim, a oportunidade de trabalho representa uma grande mudança. “Eu não tenho experiência, apenas o conhecimento adquirido durante o curso técnico. É muito difícil ingressar no mercado de trabalho dessa forma. Essa é uma oportunidade de começar minha carreira. Estou cheia de esperança e expectativas”, afirma. 

Os jovens foram os primeiros contratados por meio do Programa Primeiro Emprego, lançado pelo governador Rui Costa, em novembro, com o objetivo gerar 9 mil vagas de trabalho até 2018. Apenas na área de saúde serão mais de três mil novos contratados. “O que se espera é que possa haver uma boa sinergia entre os jovens e o serviço de saúde. Eles estão recém-saídos de uma formação e, com toda a certeza, irão acrescer muito com vitalidade e disposição”, destaca o chefe de gabinete da Fesp, Alisson Sousa.

Qualificação

Para o supervisor do programa na Flem, Jucarlos Santos, o programa visa não apenas empregar os profissionais, mas qualificá-los com novos conhecimentos dentro de seus campos de atuação. “Nós vamos acompanhar o dia a dia desses jovens, acompanhar metas e fazer com que eles possam se desenvolver nesse processo de trabalho. A ideia que eles não sejam apenas colocados nesse espaço de trabalho. Queremos que eles reforcem o que aprenderam nos cursos técnicos, através de aulas de aprimoramento que acontecerão trimestralmente”.

O processo de acolhimento continua nesta quinta (29), com a contratação de mais 38 jovens - técnicos em administração, informática, logística e petróleo e gás. Eles atuarão nos comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, além da Superintendência de Telecomunicações da Secretária de Segurança Pública (SSP). O evento será realizado no Centro de Operações e Inteligência 2 de Julho, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Fotos: Elói Corrêa/GOVBA





Nenhum comentário