Teste

Breaking News

MP pede bloqueio de R$ 5,5 milhões do ex-prefeito Ademar Delgado





O Ministério Públio estadual pediu o bloqueio de bens no valor de R$ 5,5 milhões do ex-prefeito de Camaçari, Ademar Delgado, no âmbito de uma ação civil de improbidade administrativa. 
De acordo com informações obtidas pelo site Camaçari Alerta, a ação, que tramita em segredo de Justiça, versa sobre pagamentos das contas de água e energia do Centro Comercial de Camaçari em prol dos feirantes durante o período de 2013 a 2016 na gestão do então prefeito.
“Restou claro que o município de Camaçari arcou com as taxas devidas dos permissionários dos boxes situados no interior do Centro Comercial de Camaçari, referentes ao consumo de água e energia elétrica, gerando indevido encargo para o município, e em contrapartida, enriquecimento ilícito dos aludios permissionários, vez que exercem estas atividade de natureza comercial, não cabendo ao poder público utilizar-se do dinheiro dos contribuintes para arcar com tais despesas”, argumenta a promotoria.
O MP aponta que o pagamento gerou "ônus indevido" à administração pública no valor de R$ 2.455.128,23 quanto aos custos com energia elétrica e R$ 3.131.783,54 com as contas de água.
A reportagem tentou falar com o ex-prefeito Ademar Delgado, mas as ligações não foram atendidas.

Nenhum comentário